Quem ganhou a final de Relógios da Champions League?????

Pep Guardiola e Thomas Tuchel, dois grandes mestres do futebol, bateram de frente mais uma vez na final da Champions League no ultimo sábado, quando o Chelsea derrotou o Manchester City por 1 a 0, num jogo acirrado e envolvente.
Paralelamente, havia outra batalha acontecendo no banco de reservas, onde os dois técnicos, exibiam dois relógios muito legais, mas muito diferentes.
Guardiola, optou por seu familiar RICHARD MILLE RM 010 ACM AUTOMATIC em titânio, com detalhes em azul claro, combinando com o uniforme do City. Essa peça, tem numeração luminosa em ouro branco em uma placa de safira, que parecem ter sido renderizados em 3D.
Como qualquer produto RICHARD MILLE, é apenas pra um seleto grupo da elite, esse modelo em questão, custaria no mercado secundário, U$175,000 no mercado secundário. Mesmo assim, além de ter o dinheiro disponível, precisará de muita sorte, pois existem apenas 30 unidades dessa preciosidade.

Enquanto Isso, Tuchel optou por um muito mais prático.
Comandando o campeão Chelsea, exibiu um HUBLOT CLASSIC FUSION de 45 mm em titânio, com um mostrador preto fosco e pulseira de borracha preta. Durante boa parte da temporada, Tuchel, utilizou o relógio o que faz muito sentido, já que a marca Suíça, atua como parceira dos Blues desde 2015. O relógio em questão, custa em torno de U$ 7,650, que não é uma bagatela, mas se tratando do mundo milionário dos relógios, é bem acessível e facilmente encontrar nas redes sociais, exatamente o oposto do relógio usado pelo vice campeão Guardiola.

Deixar um comentário